Manuel Luís Goucha vai ganhar mais 20 mil euros por mês para apresentar a Casa dos Segredos 7

Manuel Luís Goucha foi um dos maiores críticos da Casa dos Segredos, de tal forma que muitas foram as vezes que no programa das manhãs da TVI fez questão de afirmar que não via o Reality Show, mas agora foi “promovido” a apresentador do programa… Mas não é para menos,  vai ganhar mais 20 mil euros por mês por causa da Casa dos Segredos 7.

Segundo o Correio da Manhã de hoje, 27 de dezembro, Manuel Luís Goucha ganha atualmente 40 mil euros por mês na TVI e vai passar a ganhar 60 mil euros por mês por apresentar a Casa dos Segredos 7.

Este valor coloca o apresentador do Você na TV com o mesmo ordenado da sua colega Cristina Ferreira, que já era a mais bem paga na TVI.

E por estes “valores” até se compreende a mudança de outros “valores”… É que Manuel Luís Goucha, o anti-Casa dos Segredos, parecia predestinado a ser apresentador de programa de Talentos, com “pessoas talentosas”, até porque segundo o próprio o Secret Story é um “enredo montado”.

Quem viu o comportamento anti-Casa dos Segredos do apresentador no Você na TV em 2013 não iria acreditar que cerca de 5 anos depois, iria estar ao comando do Secret Story, de tal forma que Wilson Teixeira insurgiu-se na altura nas redes sociais:

Acordo, ligo a tv e durante o Zapping estão a passar imagens do Secret Story no programa da manhã da Tvi. Ouço o “apresentadeiro” do dito programa a chamar “Irica” a uma concorrente e a dizer que não sabe pronunciar o nome da dita concorrente porque “não tem interesse nenhum por isso”. Ora, se não se interessa pelos conteúdos que passa no seu programa e se não se informa sobre os mesmos é sinal de mau profissionalismo, porque eu como treinador, mesmo quando não tenho interesse por certas temáticas, tenho de me informar o máximo possível sobre elas.
Claro está, o “apresentadeiro” está no seu legítimo direito de não se interessar pelo programa Secret Story, é um direito que lhe assiste e ninguém é obrigado a gostar… Mas o que é certo é que este senhor deveria demonstrar mais respeito por um programa que em horário nobre, consegue ter mais audiências no mesmo canal do que os programas que ele próprio apresenta, juntamente com a sua parceira, como as Danças com as Estrelas, As Tuas Caras não me São Estranhas e as Canções para Ti nos intervalos em que os reality’s shows não acontecem…
Parabéns à Endemol por conseguir realizar um programa como o Secret Story, um programa que apesar de tudo, ser líder de audiência no canal, mesmo sabendo e estando à vista de todos nós o estigma, preconceito, crítica gratuita e más línguas que existem dentro da própria TVI.
Mas serei só eu a perceber que este senhor e a senhora que trabalha com ele só criticam o programa por ressentimento e ressabiamento de em horário nobre não conseguirem ter as audiências que um formato destes tem?
Trabalhem com mais profissionalismo e deixem-se de pisar os outros para se valorizarem a eles próprios!
Depois não me venham dizer a mim que eu é que cuspo no prato…

Em 2015, Manuel Luís Goucha, confessava à revista Nova Gente que não gostava de estar ligado a Reality Shows, até porque é tudo um “enredo montado… onde as pessoas se põem a jeito para representar papéis que estão preparados pela produção.”.

Nova Gente: Por várias vezes falou nos reality shows como algo a que não gostava de estar ligado…
Goucha: E mantenho essa opinião. Nós temos uma curiosidade obscena e por vezes até obscura pela coscuvilhice, pela vida alheia. Eu não tenho, mas no geral penso que essa curiosidade mórbida existe. Enquanto estamos ali a ver o comportamento dos concorrentes numa casa, não estamos a olhar para as nossas pequenas-grandes misérias. E eu penso, tantos milhões que veem os reality shows, tantas pessoas que continuam a concorrer e querer entrar e depois ficam admiradas que não passaram as imagens, os bons comportamentos, isto ou aquilo. São ratos de laboratório em termos de produção. Eu não quero chamar de manipulação, mas é claro que vão representar um papel. Aquilo é muito interessante a nível de produção de televisão. Não digo se é bom se é mau, mas é interessante perceber como as pessoas se põem a jeito para representar papéis que estão preparados pela produção. Aquilo é um enredo montado, preparado e as pessoas alinham.

Nova Gente: Como se sente quando recebe os concorrentes da Casa dos Segredos no seu programa?
Goucha: Quando um concorrente vai ao programa, pego no material que tem vindo a sair na Imprensa e vou pelas questões que mais me interessam. Não sigo uma gala até ao fim, mas sou capaz de ver uma hora no domingo à noite. O programa acaba muito tarde e não posso ver até ao fim.

Quem sabe, se a seguir à Casa dos Segredos 7, Manuel Luís Goucha não vai apresentar o Love On Top 7.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*